quarta-feira, 7 de junho de 2017

Gênero Rosa L. (técnica de inventário de palavras)



O poema, como qualquer texto literário ou não, é construído com ideias e escolhas de palavras. A escolha é que define o estilo do texto e a ideia vinculada. Fora do contexto original de palavras recolhidas, o leitor define a qualidade, conceito arbitrário. Aqui, exemplo de poema criado a partir de palavras de um verbete da Wikipedia dedicado à flor "rosa".

Cientificamente, as rosas pertencem à família Rosaceae, e ao gênero Rosa L., com mais de 100 espécies, e milhares de variedades, híbridos e cultivares. São arbustos ou trepadeiras, providos de acúleos. As folhas são simples, partidas em 5 ou 7 lóbulos de bordos denteados. As flores, na maioria das vezes, são solitárias. Apresentam originalmente 5 pétalas, muitos estames e um ovário ínfero. Os frutos são pequenos, normalmente vermelhos, algumas vezes comestíveis.
Atualmente, as rosas cultivadas estão disponíveis em uma variedade imensa de formas, tanto no aspecto vegetativo como no aspecto floral. As flores, particularmente, sofreram modificações através de cruzamentos realizados ao longo dos séculos para que adquirissem suas características mais conhecidas: muitas pétalas, forte aroma e cores das mais variadas.
Fonte:https://pt.wikipedia.org/wiki/Rosa

Gênero Rosa L.

Rosa – bordos denteados
                 ovário pequeno
       dos séculos
       forte
         variada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe